Instituto Baixada lança Concurso Literário para estimular a leitura e escrita na Baixada Maranhense

Com objetivo de incentivar o hábito da leitura e escrita e ainda opotrtunizar novos talentos mostrarem sua produção literária, o Instituto Baixada e seus parceiros realizam o Concurso Literário com produções falando sobre histórias da baixada Maranhense.

Podem participar alunos matriculados em escolas públicas municipais ou estaduais de ensino fundamental do 6º ao 9º ano e ensino médio e/ou de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do 3º e 4º ciclo das cidades de Arari, Cajari, Viana, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, São João Batista, São Vicente Ferrer, São Bento e Palmeirandia.

As inscrições são gratuitas e estão abertas durante o período de 06/06 a 08/07 de 2016 nas Bibliotecas do projeto caminho de leitores e nos Fóruns da Juventude e pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">

Veja abaixo o regulamento com todas as informações necessárias.

*************************

 

Regulamento do  Concurso Literário

O Instituto Baixada através do Projeto Caminho de Leitores, apoiado pelo Criança Esperança, Fóruns da Juventude e Prefeituras Municipais das cidades de Matinha, Olinda Nova do Maranhão e Palmeirandia realizam o seguinte CONCURSO LITERÁRIO.

REGULAMENTO


I- Dos Objetivos

O objetivo é dar oportunidade a novos talentos mostrarem sua produção literária. Incentivar o hábito da leitura e escrita.

II - Do Conteúdo

O conteúdo do Concurso é a produção de um TEXTO LITERÁRIO: NARRATIVA. Entre as narrativas o aluno deverá escrever um conto

III – Do tema

A narrativa deve ser com o tema: História e histórias da baixada Maranhense.

IV - Da participação

a) Podem participar alunos matriculados em escolas públicas municipais ou estaduais de ensino fundamental do 6º ao 9º ano e ensino médio e/ou de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do 3º e 4º ciclo das cidades de Arari, Cajari, Viana, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, São João Batista, São Vicente Ferrer, São Bento e Palmeirandia.

V - Dos textos:

a) Os textos devem ser escritos em língua portuguesa e serem inéditos;

b) Ter Um mínimo de 2 páginas e máximo de 4  páginas digitadas, corpo 12, fonte Arial, espaço 1,5 (entrelinhas). Recuo de paragrafo 2cm, alinhamento superior e direita 3cm, esquerdo e inferior 2cm, no formato word 7 ou 10

VI - Da identificação

a) Todos os trabalhos devem ser identificados na página de apresentação com os seguintes dados:

-Nome completo;

-Pseudônimo - nome com o qual assina a obra;

- Título da obra;

- Data e local de nascimento;

- Nome da Escola;

- Nome do professor orientador (se houver);

- Cidade;

- Telefone;

- Email.

VII – Das inscrições

a) As inscrições estarão abertas durante o período de 06/06 a 08/07 de 2016 pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., nas Bibliotecas do projeto caminho de leitores e nos Fóruns da Juventude

b) O período de inscrição poderá ser prorrogado se assim for considerado necessário.
c) Não haverá cobrança de taxa de inscrição.

d) Os interessados deverão encaminhar os seguintes documentos para a comissão julgadora:

- 1 via do texto com a narrativa;

- Declaração da direção da escola especificando a série do candidato, o nome do professor;

- Declaração para validação da autenticidade do texto do diretor da escola e do professor;

- Declaração do autor sobre a autenticidade do seu texto

- uma biografia do autor;

- os textos poderão ser entregues até o dia 26 de agosto de 2016 as 23.59hs

e) Não poderão participar do Prêmio integrantes ou parentes de integrantes da Comissão de Avaliação e nem parentes de membros do conselho curador do Instituto Baixada

f) Serão desclassificadas as narrativas que forem encontradas plágio total ou parcial
g) Os documentos solicitados deve ser enviadas para os seguintes endereços: Bibliotecas Comunitárias do Projeto Caminho de Leitores e para o endereço eletrônico
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

VIII - Dos resultados

H) O resultado será divulgado no dia 17 de setembro no site do Instituto Baixada, fecebook, bibliotecas comunitárias, e fóruns de juventude.

XI - A avaliação

Será constituída uma comissão de avaliação formada por especialistas em Língua Portuguesa que avaliaram os trabalhos de acordo com os seguintes critérios:
- Qualidade do roteiro
- Criatividade do aluno
- Desenvolvimento da narrativa
- Observância do tema proposto

X - Premiação
a) Os 15 melhores textos serão publicados num livro e os autores receberão medalhas de finalistas.
b) O (a) aluno (a) com o texto considerado de melhor qualidade receberá um notebook.
c) Os (as) alunos (as) com o 2 e 3º melhores textos receberão 1 tablet, cada.
d) O (a) professor (a) do aluno que ficar em 1º lugar receberá um tablet.

XI – Dos casos omissos

Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pelo conselho curador do Instituto Baixada e profissionais do Projeto Caminho de Leitores.

O resultado será divulgado na pagina do Instituto Baixada, bibliotecas e Fóruns da Juventude

Comissão:

Denivaldo Moraes

Eliúde da Cunha Silva

Tatiane Soares Lindoso

Bianka Maria Pereira Pinheiro

Professor convidado



Caminho de Leitores realiza última etapa do programa de formação

Projeto Caminho de Leitores realiza seu último encontro de formação com auxiliares de bibliotecas e animadores culturais.

Repleto de conteúdos para movimentar bibliotecas comunitárias fomentadas pelo projeto Caminho de Leitores, o Instituto Baixada realizou o último encontro de formação para auxiliares de bibliotecas e animadores culturais. O evento aconteceu na sede do Instituto em Olinda Nova do Maranhão com a presença dos jovens monitores dos municípios de Matinha, Cajari, Palmeirândia, São Vicente Férrer e Olinda Nova.

Foram três dias de formações intensas sob a coordenação de Eliude Cunha, bibliotecária e Tatiane Soares, Arte educadora. Ao longo dos encontros de formação, os animadores culturais receberam orientações de como dinamizar o trabalho nas bibliotecas e de que forma poderiam atingir crianças e adolescentes com o “mundo mágico da leitura”.

Os encontros contaram com oficinas de contação de história, organização e catalogação de acervos, registro de livros e a diversidade de gêneros literários. Neste último momento de formação, foi lançado o edital do concurso literário que movimentará os últimos meses do projeto, assim como as diversas caravanas literárias que devem ser realizadas em cada município.

O programa de formação acabou mas o  projeto continua, as bibliotecas estão montadas e os jovens capacitados para dinamizá-la de forma a atrair cada vez mais leitores. 

Caminho de Leitores chega a rede municipal de ensino em Palmeirândia.

Como prática positiva para a execução das ações do Projeto Caminho de Leitores, os animadores culturais realizaram atividades educativas no Jardim da Infância Pequeno Polegar, escola que faz parte da rede municipal de ensino da cidade de Palmeirândia.

Em alusão ao dia da literatura que é comemorado em 18 de abril, os animadores realizaram uma roda de contação de história trazendo um clássico da literatura infantil. Com o conto Os Três Porquinhos fizeram fluir a imaginação da criançada.

Já no dia do índio, 19 de abril, sob o uso de encenação e leitura foi realizada uma ciranda que falou sobre o descobrimento do Brasil.

Em Palmeirândia, as ações do projeto têm o apoio do Fórum da Juventude, que acompanha de perto o andamento das atividades e, conta ainda com a parceria da Secretaria Municipal de Educação.

 

X Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Maranhão

O Instituto Baixada, membro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente CEDCA, participou ativamente da X Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, ocorrida entre os dias 17 a 19 de fevereiro de 2016.

Com grande participação popular, o evento aconteceu no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) com o objetivo de articular as inúmeras instituições e atores que formam o Sistema de Garantia de Direitos pontuando a criança e o adolescente como prioridade absoluta das politicas públicas.

O Instituto Baixada esteve envolvido na coordenação geral do evento, em especial no grupo de educadores que fez o acompanhamento dos adolescentes e suas demandas para o encontro.

A conferência é um importante instrumento de participação efetiva na elaboração das políticas públicas que possam garantir os direitos das nossas crianças e adolescentes que diariamente estão sendo violados.

Foram três dias de discussões intensas e sugestões de propostas a partir das diretrizes já traçadas para o Plano Decenal dos Direitos de Crianças e Adolescentes do Maranhão. Vale ressaltar a participação ativa dos mais de 70 adolescentes, vindos de diversas partes do Estado, como protagonistas das suas histórias, mostrando força e coragem na luta por seus ideais.

A conferência é realizada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e por comissão organizadora composta por representantes das Secretarias de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), da Mulher (Semu), de Saúde (SES), de Assistência Social (Sedes); da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac); do Centro de Cultura Negra (CCN); do Instituto Baixada; do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS); da Cáritas Brasileira; da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH); e dos Adolescentes do Comitê Juvenil do Fórum (DCA-MA).

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, representou o governador Flávio Dino durante a solenidade de abertura. “O fortalecimento dos sistemas de direitos humanos e de promoção e defesa dos direitos da criança e adolescente são ações importantes para superar o sistema de clientela e favoritismo que predominou durante muitos anos no Maranhão, quando éramos tratados como clientes e não como cidadãos. Um dos nossos desafios é mudar os indicadores de desenvolvimento humano no Estado para que possamos garantir políticas estruturantes de promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente, e, para isso, contamos com as ações do Programa Mais IDH”, afirmou.

A presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-MA) e da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), Elisângela Cardoso,destacou a importância da conferência. “Esta conferência é tecida a várias mãos, contando com apoio significativo da sociedade civil organizada. Enfatizo que esta conferência tem como principal objetivo a construção de estratégias de fortalecimento político dos conselhos municipais de direitos e do plano decenal em âmbito municipal e estadual”, ressaltou.

O primeiro dia da conferência contou, ainda, com a Conferência Magna sobre o tema central do encontro: “Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes – Fortalecendo os Conselhos de Direitos”, com o conselheiro nacional dos direitos da criança e do adolescente, Antonio Jorge dos Santos.

Na quinta-feira (18) foi realizada mesa de diálogo sobre o “Cenário atual da Politica da Infância e Adolescência no Maranhão: desafios e perspectivas”; e tiveram início os trabalhos em grupos para análise e definição das propostas.

Os participantes da conferência aprovaram a realização do encontro. “Meu objetivo nessa conferência é, acima de tudo, obter conhecimento acerca dos direitos da nossa juventude e sobre os benefícios que devem ser concedidos às nossas crianças, pois o que vale a todos é criar jovens dignos e crianças dignas com base sólida para o mundo”, destacou o coordenador da juventude do município de Campestre, Jonathan Gabriel Silva.

Na sexta-feira (19), além da definição das propostas, a programação inclui a eleição dos delegados para a X Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, que será realizada em Brasília, entre os dias 24 e 29 de abril.

 

Instituto Baixada com novo Conselho Curador

Três anos passam voando e com eles o encerramento de mais um mandato do Conselho Curador do Instituto Baixada e a necessidade de realização de novas eleições para o Conselho Curador, Conselho Fiscal e indicação do Superintendente.

Foi no dia 31 de outubro de 2015, na sede do Instituto em Olinda Nova que aconteceu a assembléia extraordinária para realização dessa eleição. Participaram desse momentos os membros do Conselho Comunitário, orgão máximo da organização.  Também estavam presentes alguns representantes dos Fóruns da Juventude e secretários municipais que assistiram a reunião como convidados.

Foram eleitos para o Conselho Curador como titulares: Denivaldo Freitas Moraes, Roberta Costa Abreu da Silva, Bianka Maria Pereira Pinheiro, Francilda Fonseca, Ailton Barros. Na suplência temos: Lozangela Mendes dos Santos e Herbert Costa Nunes.

Para presidente do conselho foi escolhido Denivaldo Freitas Moraes, vice Roberta Costa Abreu da Silva e Superintendente Maria Regina Martins Cabral.

Já para o conselho fiscal elegemos Ciro José Ferreira dos Santos, Leonel Abreu Viegas e Neudson Antônio Costa Penha.

Além da eleição, realizou-se avaliação dos trabalhos e propostas para novos projetos.

Desejamos muito sucesso para os nossos novos dirigentes. 

 

Acompanhe nosso blog

articulacao-em-redes

Receba novidades em seu e-mail




Copyright 2014 - Todos os direitos reservados para Instituto Baixada
Endereço principal: Rodovia MA 014, S/N, Zona Rural Olinda Nova do Maranhão.
Escritório em São Luis: R. das Limeiras, Qd D, Casa 14
Jd Renascença / CEP: 65075-260.
Telefones: (98) 3301-3882 / 9619-2012

Site desenvolvido por Detalhar